domingo, 7 de março de 2010

Resposta da tarefa proposta por Lenita

1º) No decorrer de 2009, eu tive o privilégio de participar dos 3 encontros do Gestar II realizado em Natal-RN com a finalidade de formar tutores para trabalharem com os professores de língua portuguesa do ensino fundamental maior. Posso afirmar que foram momentos ímpares na minha vida profissional, pois muito contribuiu para o enriquecimento da minha prática pedagógica. Nesses encontros, estudamos o conteúdo a serem repassados para os cursistas, em forma de debates e discussões, estudos dirigidos, trabalhos em grupos, etc. À frente desses encontros estava a nossa formadora da UNB, a professora Lenita, excelente profissional, muito dinâmica, bastante extrovertida que com sua alegria contagiava todos os presentes. Além de aprimorarmos os conhecimentos, renovamos a metodologia para melhor trabalharmos os nossos alunos e sem contar que aumentamos o nosso ciclo de amizade, pois tivemos a oportunidade de conhecer nossos professores com quem poderemos trocar ideias experiências.

2º) Participei dos 3 encontros, aproveitei bastante, ouvi com atenção tudo o que foi repassado. Não perdi um só momento. Fui pontual, assídua e cumpridora dos meus deveres fazendo todas as tarefas propostas. Tenho meu portfólio organizado. A única tarefa que não foi 100% foi o meu blog, porque ainda não estou familiarizada com essa tecnologia e dependendo de outras pessoas, deixei de postar vários momentos interessantes que vivenciei durante os encontros com os cursistas.

3º) Há pouco tempo, eu fiz a leitura do livro “Preconceito Linguístico” de Marco Bagno que é um grande estudioso da Linguística e autor de várias obras.
Nesse livro, ele defende com bastante vigor a língua viva e verdadeiramente falada no Brasil.
O que pude constatar no decorrer da leitura, é que não podemos rotular a fala de fulano como “certa” ou “errada”, pois para o linguista o que interessa são os fatos, os quais ele tenta descrevê-los e explicá-los, uma vez que para o linguista tudo é matéria. O que hoje é considerado um erro pode tornar-se amanhã uma forma correta. Resumindo, toda língua muda e varia. Depois dessa leitura, eu já vejo os “erros” dos outros de forma diferente.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Minhas Memórias de Leitura

Março de 1962 foi o marco inicial do meu encontro com as letras. Meu primeiro dia na escola foi algo que ficou gravado para sempre na minha memória. A realidade do meu grande sonho: estudar.

Aprender a ler foi a minha imensa alegria. Em poucoa meses de aula, eu já dominava a leitura. Tudo aconteceu tão rápido que sem saber como eu estava lendo. A partir daquele momento, eu lia tudo o que via pela frente. Lembro-me bem da cartilha "UPA, UPA, CAVALINHO" que eu fazia a leitura diariamente de todas as lições. Como não tinha condições financeiras para comprar livros, revistas, jornais, etc., eu recolhia do lixo, ao longo do caminho da escola, papéis escritose levava-os para casa a fim de lê-los. Assim foi formado ao longo do tempo o gosto pela leitura.

Já mocinha e fazendo o ginásio, eu era frequentadora assídua da biblioteca daquele estabelecimento escolar. Aproveitava a hora do intervalo para fazer boas leituras. Com o passar do tempo, fazia enpréstimos de livros na biblioteca pública municipal. Eu não tinha preferência por esse ou aquele escritor, o que realmente me fascinava na leitura era a busca do conhecimento. Descobri que por intermédio da leitura a pessoa aprimora a linguagem, relaciona-se melhor com os outros, contribuindo, portanto, para a formação da cidadania.

Aluna bastante disciplinada, responsável e vocacionada para o magistério, não pedia ser outra coida a não ser professora. Ainda hoje, nas horas de "folga" eu tenho um livro, revista ou jornal para dividir o tempo.

Maria de Fétima de Oliveira.

sábado, 3 de outubro de 2009

Relatório do Nono Encontro

No dia 30/09/09 foi realizado mais um encontro presencial do GESTAR II na Escola Municipal Professora Calpúrnia Caldas de Amorim.

O encontro foi iniciado com uma frase reflexiva (autor descnhecido)"O verdadeiro aprendiz não é aquele que aprende com seu mestre, mas aquele que o supera".

A pauta teve início com a música de Raul Seixas "Tente outra vez". Ouvimos e cantamos com bastante ânimo. Depois cada professor-cursista destacou da letra da múdica uma palavra ou expressão que muito lhe chamou a atenção, fazendo um breve comentário a respeito. Em seguida, foi realizada uma dinâmica "Aminha bandeira pessoal". Cada professor ao responder a 6 perguntas ia confeccionando sua bandeira com desenhos. Logo após houve a socialização dessa atividade o que foi bastante interessante.

Dando sequência à pauta, foi feito uma atividade sobre como elaborar itens baseando-se em descritores.

Para estudar o TP5, a turma foi dividida em 2 grupos. Um trabalhou a unidade 17 e o outro, a unidade 18. Os professores leram, debateram e resumiram o assunto de cada unidade, apresentando-o em cartaz para a socialização.

Finalizando o encontro, ficou decidido a realização dos avançados na prática para a socialização no próximo encontro.



Maria Fátima Medeiros de Oliveira

seguem abaixo as fotos:





























video


domingo, 21 de junho de 2009

Segundo Encontro do Gestar II
Dia 10/06/2009




Pauta:




Leitura prazer;




Dinâmica;




A proposta pedagógica do GESTAR II(Guia geral);




Retomada da Unidade IX(Gêneros textuais);




Ampliando nosas referências;




Avançando na prática;




Tarefa de casa;







Materiais do Gestar II
Fazendo a leitura prazer




Realizando a dinâmica




Trabalhando o TP 3



domingo, 31 de maio de 2009

sábado, 30 de maio de 2009

INICIO DO GESTAR II

Começou o GESTAR II





O 1º Encontro presencial do GESTAR II aconteceu no dia 28 de maio de 2009 na Escola Municipal Professora Calpúrnia Caldas, com o início às 19 h, prolongando até as 22h.



Iniciando a pauta foi feita a leitura prazer "Arriscar é viver", autor desconhecido, que nos repassa a idéia central de que para se ganhar algo, temos que primeiramente arriscar.



Sequanciando a pauta, foi feita a inscrição de cada cursista. Entregamos os Kits e logo em seguida, foi feita a apresentação do guia geral. A turma foi dividida 2 pequenos grupos para a realização das atividades (Pág. 3).

houve uma pausa de 15 min e que foi servido aos cursistas uma deliciosa torta acompanhada de refrigerante.

Retomamos as atividades com o comentário dos questionamentos da página 13 e que os cursistas afirmaram que estão confiantes no GESTAR II e esperam que esta formação possa somar cada vez mais a prática pedagógica de cada um.

Assistimos a um filme "Saber e Sabor" que foi bem comentado o entendimento do mesmo.

Para encerrar o encontro foi realizada a dinâmica "Balas do crescimento" o que deixou a turma bastante descontraída.

Vale salientar que os professores da vizinha cidade Ouro Branco uniram-se aos professores de Jardim do Seridó e juntos iremos trabalhar, discutir e executar esse programa de formação continuada que certamente enriquecerá nossa prática pedagógica.

Finalizamos o encontro, pois não havia mais tempo para nada, o relógio marcava 22h, determinei como tarefa de casa o estudo da unidade 9 do TP3.



sábado, 23 de maio de 2009

Começará o GESTAR II

Gestar II


Será iniciado nesta quinta dia 28/05 na Escola Municipal Professora Calpúrnia Caldas de Amorim às 19:00 horas o Gestar II que é um programa de formação continuada para os professores de Língua Portuguesa e Matemática que ensinam do 6º ao 9° Ano.